Política

Temer contou com a maioria dos deputados paraenses para permanecer na presidência

Em sessão que começou pouco depois das 9h desta quarta-feira (02) e terminou às 21h51, a Câmara dos Deputados decidiu barrar a denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer (PMDB), acusado de corrupção passiva.

Ao todo, 492 dos 513 deputados da Câmara registraram presença na sessão . Desses, 263 votaram com o relatório do deputado Abi-ackel (PSDB-MG), ou seja, a favor do arquivamento da denúncia; 227 votaram “não” (ou seja, pedindo abertura de investigação); e dois se abstiveram.

Todos os deputados paraenses votaram durante a sessão, com nenhuma abstenção. Dos dezessete representantes que o Pará tem direito, apenas cinco votaram contra o arquivamento da denúncia. Todos os outros doze parlamentares deram o “sim” pelo arquivamento, se mantendo junto à maioria da Câmara e livrando Michel Temer de responder no STF.

A estabilidade econômica do país foi a justificativa mais usada  por deputados que votaram pela permanência de Temer na presidência.

Veja como os deputados paraenses votaram:

Arte: Portal ORM

votos1

Show More
Close